Rede TVTEC | http://tvtecjundiai.com.br

Saúde: vacinação é reforçada após caso de macaco com febre amarela

Publicada em 21/08/2017 às 14:17

A confirmação de febre amarela em um macaco morto fez a Vigilância Epidemiológica de Jundiaí intensificar a vacinação contra a doença. Desde esta segunda-feira (21), diferentes Unidades de Saúde da cidade estão fazendo a vacinação, mediante um calendário. A idade mínima para vacinação é 9 meses. Não há idade máxima.

Vacinação é única forma eficaz de combate à doença

Segundo Maria do Carmo Possidente, enfermeira da Vigilância Epidemiológica de Jundiaí, as pessoas não precisam entrar em pânico, pois há uma quantidade suficiente de vacinas para toda a população. Até a manhã desta segunda (21), a procura nas unidades estava dentro do normal.

VEJA NO SITE DA PREFEITURA O CALENDÁRIO DE VACINAÇÃO

A Vigilância Epidemiológica de Jundiaí intensificou a vacinação e a orientação no bairro em que o macaco foi encontrado, o São José da Pedra Santa, na região do Corrupira. “A vacina é a única prevenção eficaz contra a febre amarela”, alerta a enfermeira. As Unidades de Saúde aplicam a vacina das 9h às 15h.

Animal
O macaco morto é um bugio de médio porte. A Unidade de Vigilância de Zoonoses descobriu o animal após ser chamada por um morador. “Esse tipo de animal costuma ficar na copa das árvores, onde há um contato maior com insetos que transmite a febre amarela”, explica Carlos Ozahata, gerente da Unidade de Vigilância de Zoonoses.

LEIA TAMBÉM
Cidades: Faculdade de Medicina de Jundiaí abre inscrições para vestibular

Matar o macaco, explica o especialista, não é a maneira correta de combater a doença, pois a febre amarela é transmitida através de mosquitos. “O macaco é importante, pois sabemos onde a doença está. Não se deve matar. O animal acaba nos auxiliando, é o ator principal”, informa Ozahata. No Estado de São Paulo, 90% dos casos de febre amarela são encontrados em macacos bugios.

Caso alguém encontre um macaco morto, pode entrar em contato com a Unidade de Vigilância de Zoonoses de Jundiaí por meio dos telefones: 156 e 4521-0660. Informações sobre a vacinação podem ser obtidas nas Unidades de Saúde de cada bairro.




Link original: https://tvtecjundiai.com.br/2017/08/21/vacinacao-e-reforcada-apos-descoberta-de-macaco-com-febre-amarela/