Rede TVTEC | http://tvtecjundiai.com.br

Política: eleição para governador do Amazonas ocorre sem anormalidades

Publicada em 27/08/2017 às 16:56

Balanço parcial do sistema de segurança e das Forças Armadas indica que a eleição suplementar para governador neste domingo (27) transcorre com tranquilidade e sem grandes ocorrências no Amazonas. Ao todo são 6.825 agentes de segurança, incluindo os homens da Polícia Civil e Polícia Militar, além de 4.355 militares das Forças Armadas participando do esquema. O Exército, por exemplo, tem um efetivo de 3.701 pessoas em 454 locais de votação em 21 municípios.

O segundo turno da votação para escolher o novo governador do Amazonas começou às 8 horas, horário de Manaus, 9 horas em Brasília, deste domingo (27). Concorrem ao pleito Amazonino Mendes, do PDT, que teve 38,92% dos votos, e Eduardo Braga, do PMDB, que alcançou 24,7% dos votos no primeiro turno do pleito, realizado no dia 20. São mais de 2 milhões de eleitores amazonenses aptos a votar nos 62 municípios do estado.

De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública, 520 câmeras monitoram o pleito em todo o estado. Para a locomoção de eleitores, a Secretaria Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) disponibilizou cerca de 800 ônibus. O número de veículos foi definido com base na demanda do primeiro turno.

A frota opera normalmente sem transtornos. O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), informou que o fluxo está tranquilo, apesar do registro de 10 acidentes neste domingo, um com vítima fatal.

Até o início da tarde, o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), registrou problemas em 31 urnas eletrônicas, das quais 16 precisaram ser substituídas. Quase oito mil equipamentos, somados os de contingências, foram disponibilizados em todo o estado.

A eleição suplementar para o governo do Amazonas foi determinada em maio pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O ex-governador José Melo (Pros), e o vice, Henrique Oliveira (Solidariedade), tiveram os mandatos cassados por compra de votos nas eleições de 2014. O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, David Almeida, do PSD, está no comando do estado interinamente.

Fonte: Agência Brasil




Link original: https://tvtecjundiai.com.br/2017/08/27/politica-eleicao-para-governador-do-amazonas-ocorre-sem-anormalidades/