TVTEC Blog | http://tvtecjundiai.com.br/tvtecblog

TVTEC Blog com Pedro Fávaro Jr.
06
fevereiro 2018

…Te ver e não te seguir é improvável, é …

Leia mais Crônica

Pedro Fávaro Jr.

Querida:

Parabéns por mais essa conquista na sua vida, afinal, aos 21 anos, na flor da juventude, poucas pessoas conseguem, como você chegar aos 50 mil seguidores. Você chegou nesta terça-feira, 6 de fevereiro, às 15h50. É um exército. Uma quantidade igual à população de muitas cidades do Brasil. Você pode ser orgulhar muito disso, moça, porque trabalhou muito para chegar a esse número. E de um jeito que me impressiona demais.

Acompanho de perto esses últimos tempos da sua vida. Tenho visto quanta gente procura se comunicar com você e de muitas maneiras. Alguns e algumas, na aflição. Outros, destilando bile, o fel de suas amarguras pessoais, descontando mágoas e com reações às vezes até estranhas. E como você tem correspondido.

Nesse tempo, não vi você se zangar com ninguém. Nunca. Sempre procurou responder positivamente aos que a procuraram. Mesmo a partir de coisas negativas. Eu vi, por exemplo, você responder com o Beijo aos que reclamam do congestionamento de trânsito no fluxo da região oeste para o centro da cidade. Como o Beijo foi aplaudido, acompanhado, comentado.

O que mais? Ah, vi você se emocionar muito com os comentários sobre os 362 anos de Jundiaí, ano passado. Foram tantos e tão bonitos, não é? E vi sua emoção arrastar muita gente para os olhos marejados, o amor à cidade – amor verdadeiro, não aquela coisa da Lei de Gerson e de levar vantagem em tudo…

Outra coisa que me espantou foi quando você acompanhou o Papai Noel, na Caravana Iluminada. Ali você bateu em muito o número de seguidores que conquistou hoje. Foram mais de 400 mil pessoas vendo você em Jundiaí e no mundo inteiro.

Tá, ficar falando dessas coisas pode fazer você parecer fútil, né? Beleza. Mudo o curso da prosa então. Não se zangue. Vou lembrar que você deu curso de tecnologias digitais, de produção audiovisual, de edição de vídeos, de redes sociais, para umas 200 pessoas. Parte fez capacitação mesmo. A maioria gente em vulnerabilidade, desempregada. Outra parte, profissionais da área de Comunicação, que você ensinou a trabalhar com as novas ferramentas ou apenas orientou com a ajuda do Centro Paula Souza.

Assim, de uma coisa apenas institucional, programadinha, quadradinha, você avançou e deu protagonismo aos que estavam por perto. Acho muito legal e penso que seja um dos maiores motivos para as pessoas seguirem você. Mas não só isso…

Você acabou indo para o canal aberto, em UHF, e continuou no 24 da NET, mas com uma nova personalidade, uma identidade que é a sua, original, de servidora pública no melhor e mais amplo sentido da palavra – aquela que presta serviços pensando no bem da coletividade. E assim, sem deixar de noticiar coisas importantes realizadas pelo poder público municipal, deixou de ser a “tevê da Prefeitura”, a “tevê do prefeito” para ser a “tevê dos cursos” a “tevê das reportagens humanas”, a “tevê da esperança”.

Que mostra com alegria e sem ranço, a Festa da Uva – um patrimônio de Jundiaí. Que está preocupada com a memória da cidade e resgata histórias e imagens, com a ajuda dos cidadãos. Como a do Formigão, por exemplo. Ou indo ver como está a memória cívica do povo, perguntando quem lembra do Hino de Jundiaí.

Preocupada com aqueles que quase sempre estão à margem e lembrando que é possível estar com eles, lutar por eles, defendendo-os porque são iguais, do mesmo tamanho que todos na sua humanidade.

Foi assim que fez sucesso tremendo, com a reportagem sobre os lacres que podem virar cadeiras de rodas, lembra? Ou mostrando o vigor dos idosos que ainda jogam vôlei, num campeonato mundial…

São algumas poucas e boas razões para que sigam você e deixem de seguir os lugares sensacionalistas, marrons, que vivem de sangue e na órbita dos poderes constituídos, pressionando, ameaçando…

Você não é assim.

Você é doce.

Inteligente.

Sagaz. Divertida, sem ser vulgar.

Exemplo?

A reportagem que você fez sobre o Sereísmo, uma coisa que poucos imaginavam. Tem gente que quer ser sereia… Isso é hobby, diversão. Como você mostra esse lado pitoresco, mostra também modelos efetivos de sucesso, como fez recentemente com o Rafael Marcos, menino da cidade que passou em 1.º Lugar na Medicina da Unesp e em 9.º na USP.

Você foi lá, conversar com ele. Saber a razão do sucesso. E ele respondeu que foi o foco, depois de ter fracassado uma primeira vez. Que foi a flexibilidade de buscar um caminho novo. Que foi, sobretudo o apoio da família. Possibilitou assim que muita gente refletisse sobre um caminho de sucesso.

Claro, muitos jovens vão seguir você por essa razão, eu aposto…

Lembro que você começou sua saga histórica defendendo a vida. Num evento que reuniu 1200 pessoas num ponto, o Cine Teatro Polytheama de Jundiaí e foi visualizado por milhares de outras.

O primeiro evento que você realizou, foi sobre Prevenção ao Suicídio. Quebrando o mito de que não se pode falar sobre o assunto. Você falou, todo mundo está falando e a cadeia do mal, o círculo de sombras vai se desafazendo… E a transmissão da sua fala quebrou outro paradigma, outra receita pronta, outro mito: ela não foi transmitida por megalinks e super estruturas. Não! Para transmitir seu pensamento, as palestras contra o suicídio bastou um iPad num tripé. Menos é tudo, você sempre fala!

Tudo para dizer que meu desejo é que você chegue assim, por esses caminhos que escolheu, aos 500 mil, um milhão de seguidores.

Claro, em mim o ciúme aumenta. Mas o ciúme é menor que o amor por você que vai crescendo no meu coração a cada dia, minha querida.

Eu amo Jundiaí. E amo muito você, também. Razão pela qual continuarei a ser seu seguidor. Porque ver você e ficar indiferente, não a seguir, é impossível.

Um grande beijo, TV TEC!



Quem já participou (8)

  • CigBoinc disse:

    Its amazing to visit this website and reading the views of all friends regarding this piece of writing, while I am also keen of getting experience.
    Rexuiz FPS

  • Neusa Maria de Moraes disse:

    Uauuuu …. fantásticoooo..sem palavras pra descrever o que vc transmite pra ninha alma quando leio seus textos Pedrinho. Vc tem o dom de ver romantismo, pureza, amor onde , alguns de nós , vemos coisas corriqueiras.
    Eu não conhecia vc antes da TVTEC…(mais um motivo pra sua poesia.)…e mais um motivo pra eu agradecer nossa TVTEC por me permitir conhece-lo e ter acesso as maravilhas que vc escreve ! Obrigada poeta !!

  • Eleandra Maria Ramos disse:

    Bom…Impossível não seguir que nos conquistou, com leveza, doçura, mas sem deixar de ser séria, respeitosa…Amo TVTEC, que todos os dias nos encanta de várias formas, que nos faz ficar cada mais apaixonados pela nossa querida Jundiaí. Mostrando o quanto é bela, que não tem apenas pontos negativos, que ela é linda e merece ser amada e respeitada por cada um de nós. Eu como entrevistada pela TVTEC, posso dizer o quanto são sérios, passam a informação como de fato é sem fazer sensacionalismo. Parabéns…Amo vocês.???

    • pfjunior disse:

      Eleandra: obrigado pelo carinho. Continue acompanhando a TV TEC e dando suas opiniões. Elas é que importam. Elas que fazem crescer os profissionais que buscam trabalhar sempre com seriedade e desinteresse. Na Comunicação pela Comunicação.

Deixe seu comentário preenchendo os campos abaixo

Os comentários são moderados, e mensagens ofensivas serão removidas.

Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório. Seu endereço de e-mail não será publicado.

Link original: https://tvtecjundiai.com.br/tvtecblog/2018/02/06/te-ver-e-nao-te-seguir-e-improvavel-e/

Apoio