TVTEC News | http://tvtecjundiai.com.br/news

TVTEC News

Veterinária de Jundiaí é voluntária em Brumadinho

Publicada em 01/02/2019 às 14:34

A veterinária Vânia Plaza Nunes, superintendente da Fundação Serra do Japi, da Prefeitura de Jundiaí, está em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, desde a noite desta quinta-feira (31) como voluntária para ajudar nas buscas e resgate de animais atingidos pelo rompimento da barragem da Vale, no Córrego do Feijão, há uma semana.

Voluntários reúnem-se para receber orientações antes de iniciar o trabalho de resgate de animais

Os 12,7 milhões de metros cúbicos de rejeitos de ferro que desceram com a queda da barragem deixaram até agora um saldo de 110 mortos (71 reconhecidos);238 desaparecidos;192 resgatados; 395 localizados; 108 desalojados.Vânia falou à RádioTEC, em entrevista ao programa Alô Jundiaí, comandando pelo repórter Rafael Santos, na manhã desta sexta-feira (1).

Doutor Artur Nascimento (de colete laranja); doutora Paula Sasso; doutor Sérgio Reis e Vânia, na área de treinamento em Brumadinho

“É uma cena assustadora. A gente acaba tendo a noção real do quanto é pequeno, da nossa insignificância diante da força da natureza. É impactante. É diferente ver pelas fotos e televisão e ver ao vivo. Uma área enorme destruída,um lugar onde haverá muita dificuldade de recuperação. O mais impactante foi ver o tamanho das áreas de rejeito, ter a noção do tamanho do dano causado. Faz a gente repensar os nossos valore. Faz entender que de uma para outra tudo pode acabar”, desabafou emocionada.

Vânia informou que, além da força tarefa gigante que busca resgatar as pessoas desaparecidas há também equipes para regatar animais.”Já foram recolhidos pelo menos 70. E a demanda aqui é enorme. É preciso que aqueles que são resgatados com vida sejam passem por avaliação médica e sejam alimentados”, contou. E adiantou que a situação toda será registrada para fazer parte de um grande relatório oficial, documento que deve servir de base para as futuras indenizações aos prejudicados.

Vânia ressaltou que o mais impressionante, além do tamanho da área afetada, foi ver a solidariedade das pessoas. “Nesta quinta-feira, estava na cidade quando houve a missa de sétimo dia pelas vítimas da tragédia.A solidariedade desse povo, das pessoas que estão aqui, enche a gente de esperança, apesar da tristeza produzida pela tragédia”, comentou. Classificou de “hercúleo” o trabalho realizado pelo Ibama, Marinha, Exército, Corpo de Bombeiros, agentes da Defesa Civil e equipes de busca e resgate. Para a veterinária de Jundiaí, é preciso agradecer muito as pessoas que estão na linha de frente do resgate, em Brumadinho.

Para a veterinária de Jundiaí, o mais impressionante é ver in loco o tamanho da área afeta. Ela sobrevoou a região com os bombeiros

“São pessoas de uma determinação sem igual, bombeiros, defesa civil, homens e mulheres num trabalho que não é simples, não é fácil. A a formação, o preparo de cada uma delas é extraordinário. A gente precisa ter gratidão pelo que eles estão fazendo aqui. É preciso mandar energia positiva para essas pessoas e agradecer muito pela coragem, por tudo que estão fazendo”, pediu.

“A gente precisa mudar muito. Acreditar mais no outro. Fazer mais pelo outro. Eles são um exemplo disso. As oportunidades que tive de estar num local como esse fizeram a diferença na minha vida”, ponderou. Vânia esteve também em Mariana, em 2015, quando o rompimento da barragem de rejeitos da Vale matou 19 pessoas. Ela retorna à cidade neste domingo (3).

Ouça a entrevista dada à RádioTEC por Vânia.

(Texto de Pedro Fávaro Jr.; Imagens: Vânia Plaza Nunes)


Link original: https://tvtecjundiai.com.br/news/2019/02/01/veterinaria-de-jundiai-e-voluntaria-em-brumadinho/

Apoio