Notícias | https://tvtecjundiai.com.br/news

Notícias

Após noite nublada, terça (22) tem segunda chance para ver Saturno e Júpiter alinhados

Publicada em 22/12/2020 às 09:42

Júpiter e Saturno, os dois maiores planetas do sistema solar, se alinharam na segunda-feira (21) em um evento raro, conhecido como “Estrela de Belém”, “Estrela de Natal” ou “grande conjunção”. O fenômeno, apesar de visível a olho nu, acabou encoberto pelo mau tempo em diversas partes do Brasil.

‘Estrela de Belém’ é vista no distrito de al-Salmi, uma área de deserto 120 km a oeste da Cidade do Kuwait (Foto: Yasser al-Zayyat /AFP)

Em São Paulo, o céu esteve encoberto em diversos pontos da capital paulista, o que impossibilitou a visualização do fenômeno astronômico. Apesar de os dois planetas terem atingido seu ponto mais próximo da conjunção, ainda é possível ver os astros se afastando até o fim do mês.

É o que explicou o astrofísico do Centro Universitário FEI, Cassio Barbosa. Segundo ele, a cada dia, os dois planetas se afastam mais e podem ser ofuscados pela luz do sol. “É claro que o máximo seria hoje [na segunda], mas amanhã [terça-feira] a distância entre eles vai ser bem pequena”, disse Barbosa. “Agora vão até o clarão do sol engolir os dois. Eu diria que até dia 31 ainda se vê alguma coisa com dificuldade. Mas os dois estarão bem separados.”

Segunda chance

A pesquisadora Josina Nascimento, do Observatório Nacional, disse que ainda será possível visualizar o evento astronômico ao menos nesta terça-feira (22). Essa é uma segunda chance para quem tentou e não conseguiu observar o fenômeno na segunda.

Ela e outros pesquisadores participaram de uma transmissão promovida pelo Observatório. Ela disse que, nos próximos dias, os planetas tendem a ficar cada vez mais baixos no horizonte no começo da noite e irem se afastando cada vez mais um do outro, deixando de parecer como uma estrela única.

Conjunção entre planetas

As conjunções são raras porque cada planeta demora um tempo diferente para girar em torno do Sol. A Terra, por exemplo, leva 1 ano.

Já os planetas Júpiter e Saturno completam a volta em cerca de 12 e 30 anos, respectivamente – veja no modelo abaixo. A trajetória de Saturno é identificada pela linha amarela com maior circunferência e a de Júpiter, pela branca de maior raio.

Segundo astrônomos, Júpiter e Saturno estiveram tão próximos assim pela última vez em 1623. O fenômeno mais similar, porém, ocorreu no século 13, há quase 800 anos.

O fenômeno fica visível após o pôr do sol, na linha do horizonte – mas a cada dia, se aproxima mais do horizonte até deixar de ser visto.

(Fonte: g1)


Leia mais AstronomiaDestaqueNotícias
Link original: https://tvtecjundiai.com.br/news/2020/12/22/apos-noite-nublada-terca-22-tem-segunda-chance-para-ver-saturno-e-jupiter-alinhados/

Apoio